Tuesday, October 16, 2007

Uma estória verdadeiramente extraordinária"

Ontem liguei para o número que se vê espalhado por toda a cidade

- Está! Boa tarde!
- Boa Tarde!
- Desculpe, não sei se estou a ligar para o número certo, é o número que aparece pintado por toda a cidade a dizer réplicas?
- exactamente!
- E faz réplicas de quê?
- De Pintura, escultura, vestuário, relógios, tudo!
- Basta dizer o quê e faz uma replica disso?
- Isso!
- Mas funcionam? (aqui, despistada pela escultura e pintura, achei que fizesse miniaturas, sei lá"
- sim, perfeitamente.
(um pequeno silêncio - não sabia que mais perguntar, mais tarde em conversa com o G e o J, queriam saber se perguntei qual a percentagem em relação ao preço real das coisas, tipo 1 décimo do preço de um Ferrari pela sua réplica?)
- Obrigada, boa tarde.
- Ora essa, disponha!

acaba a chamada, olho para o visor do meu telémovel, e o que vejo desaparecer.... um nome...Pedro o Louco... não é possível, eu tenho este número gravado no meu telemóvel, eu conheço o réplicas!!!!! É verdade... o que remete para uma estória tão louca como esta em 2003.

...FLASHBACK... verão de 2003, tinha regressado da Holanda à pouco tempo, íamos beber um copo às esplanadas da foz //não sei se já foi depois do incidente de porrada na tendinha dos Poveiros - que me levou por muito tempo a não querer lá voltar // atravessávamos a rua junto à praia do Ourigo quando para um carro descapotável na rua com um homem e duas mulheres lá dentro, cena Maiami, todos nos seus quarentas. O M, não responde ao que dizem, ri-se... passo eu, quando me perguntam, não queres trocar os meus amigos pelas minhas amigas, estou farto delas... elas riam como perdidas, ele a lançar charme para todos os lados... estendo a chave do meu Clio e digo, OK!
É quando para o carro, salta cá para fora, e começa uma conversa. trocamos números de telefone, ainda lhe liguei umas vezes, convidei-o para um jantar do gang ao qual ele não apareceu, apercebi-me que havia ali um sistema que me desagradava profundamente, não me ligava, dava-me toques e esperava que eu lhe ligasse, deixei de o fazer... nunca mais nos falamos...

2007 // o Pedro o louco, homem charmoso da foz é o replicas! será que o descapotável era já uma Replica? ainda bem que ao fim e ao cabo não troquei o meu clio e amigos pelo descapotável e 2 mulheres ruivas!





acertaram!!!

6 comments:

ângelo said...

acho que deves fazer uma réplica dessa chamada...

carla said...

é irreal ou quê?
-ou quê!

L said...

AJUDAI-NOS!!!!!

julio dolbeth said...

Uau! Obrigado por me esclacereres um "mito urbano", nunca pensei que existisse alguém por trás daquele número :-)

li said...

em bcn havia tb um peixe q aparecia em todo o lado!

http://www.woostercollective.com/images/pez1.jpg

http://www.woostercollective.com/images/pez2.jpg

is said...

sempre pensei que fosse qq coisa com matriculas de carros (ñ faz muito sentido, mas era o que me vinha à cabeça...)

mas afinal é muito melhor!!!!

(estória fantástica!)

 
Free counter and web stats